Portugal dez anos depois

Fazendo e acontecendo em Lisboa, Wagner Espanha ao lado de Rogério Aguiar e Denise
Foto: Paulo Navarro

Portugal dez anos depois
Dentro do espírito comemorativo dos 10 anos do vôo TAP BH- Lisboa,  Fernando Dias, através de sua Master Turismo embalou pacote turístico saudosista à capital lusitana. Com a participação de integrantes do vôo dia 11/02/2006, o grupo partiu de BH exatamente no mesmo dia e mês do vôo inaugural. No roteiro, a partir de Lisboa,

conferiram as novidades na área gastronômica, hoteleira, locais inusitados fora do roteiro tradicional, sem desprezar visita a região de Aveiro e Porto, o Alentejo e suas vinícolas.


Portugal para investidores
Quem nos contextualizou sobre o mercado imobiliário de Portugal, foi o mineiro Mario Malloi Motta. Radicado há anos em Lisboa e atuando na área, Malloi diz que o mesmo se tornou a menina de ouro: "Fora os britânicos e franceses, a venda de imóveis a brasileiros disparou levando o Brasil a primeiro lugar em investimento, com índice de 40% do mercado de estrangeiros", salienta o consultor com dados da Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal.

Portugal para morar
A entidade enfatiza mais a participação dos brasileiros: ultrapassaram até mesmo  os chineses no número de imóveis adquiridos em Portugal. Segundo Malloi, esta tendência vem crescendo nos últimos dois anos e o motivo é que aqui se encontra um país que hoje é considerado como melhor lugar do mundo para se viver.

Portugal de vantagens
Os benefícios são muitos: vida tranquila, sem inflação, culinária rica e prazerosa, segurança, excelentes hospitais, escolas, estradas, o maior número de horas de sol em toda a Europa, além da proximidade de todas as rotas aéreas do mundo.

Padrão 5 estrelas
"A Justiça Federal tem passado e presente grandioso. E não seria esse controvertido auxílio moradia que iria empanar essa grandeza. Tenho orgulho de ter sido juiz federal." De Carlos Veloso, ex-presidente do STF, falando ao titular da coluna no programa DNA da Band Minas, no último sábado, sobre ameaça de greve da Ajufe diante do  fim do auxílio moradia.

Curtas & Finas

*Ainda falando de Portugal, se gaba Malloi: “o momento é fantástico para adquirir um imóvel para investimento ou moradia, sobretudo pela defasagem de percentual de 35 a 40% em relação a outros países europeus.”
E finaliza: “Outro atrativo dentro do contexto é a possibilidade de obter o visa gold, o visto que lhe confere viver, trabalhar e estudar em 28 países europeus.”

*De passagem por Lisboa a caminho de Paris, Claudia Narciso, consultora da Arezzo& Co, deu conta à coluna da palestra que fez na cidade luz da grife mineira a estilistas de todas as marcas do grupo sobre o próximo verão.
Aspas para Claudia: "eu passo para elas as minhas apostas, o meu filtro e olhar e quais os caminhos que levarão as marcas a continuarem líderes de mercado no seguimento". Nesta sexta, dá bis em Londres.

*Nesta quarta-feira os empreendedores do Mercado da Boca recebem convidados para a pré-inauguração do novo espaço gastronômico do Jardim Canadá. Para o público, o funcionamento começa no próximo final de semana.
Trata-se de um ambiente para comer, beber e explorar novos aromas e sabores em estabelecimentos  tops e referenciais  assinados por renomados chefs.