Paulo Navarro | terça-feira, 18 de dezembro de 2018

O governador eleito de Minas Gerais, Romeu Zema, e o futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, em recente encontro em Brasília, com autoridades que pediram maior rigor em políticas de combate à corrupção

Foto: Fernando Chaves

A natureza do rio 

A publicitária Carla Madeira lançou seu segundo livro, “A natureza da mordida”. O primeiro, “Tudo é rio”, foi considerado obra-prima pela jornalista e escritora Martha Medeiros, que dedicou ao livro toda uma crônica na revista “Ela” do Jornal O Globo. Para Medeiros, “Carla consegue não deixar cair um pingo pra fora da narrativa, a prosa nunca escorre para o sentimentalismo barato, não há excesso”.

Presente grande 

Quantos Natais ficaram registrados por um motivo especial? O BH Shopping também quer fazer a diferença no Natal dos seus clientes: seja pela satisfação de presentear quem ama ou tornar diversas crianças carentes mais felizes dentro da maior árvore de Natal de Belo Horizonte.

Presente penetrável 

O presente para a cidade virou experiência. Os 34 metros de altura, as mais de 200 mil luzes e duas mil combinações de cores e símbolos fazem com que seja apreciada de vários pontos de BH, por dentro ou por fora, para admirar ou fazer uma “selfie”, no interior, até dia 23.

Números “marvados” 

Primeiro, alguns números enormes. Nossa malvada favorita, Madame Cachaça, ano passado, movimentou um mercado de inebriantes R$ 10 bilhões. Foi exportada para mais de 60 países. Esse patrimônio nacional ultrapassa 4.000 marcas, de 1.500 produtores. A produção anual está avaliada entre 700 e 800 milhões de litros; destes, 8,74 milhões de litros foram exportados, gerando R$ 60 milhões. Os maiores consumidores no exterior foram os Estados Unidos, Alemanha, Paraguai, França e Portugal.

As mais “marvadas” 

Agora, os primeiros lugares entre as 50 melhores cachaças do Brasil de 2018, como indicou o 3º Ranking Cúpula da Cachaça. Foram escolhidas pelo público, especialistas e ranqueadas pelos “cúpulos”. A campeã foi a Vale Verde 12 anos, de Betim, (MG); depois, Magnífica Reserva Soleira, de Vassouras (RJ); e a Companheira Extra Premium, de Jandaia do Sul (PR).

Curtas & Finas

* Empossada, em São Paulo, a bem-vinda e nova diretoria da Associação Brasileira dos Atacadistas de Autosserviço (ABAAS).

O novo presidente é Virgílio Villefort, da Villefort Atacado e Varejo, associado-fundador da entidade.

* O desembargador Alberto Diniz Junior foi eleito presidente da Associação dos Magistrados Mineiros (Amagis) para o triênio 2019-2021.

A Chapa “União e Fortalecimento da Magistratura”, única inscrita para o pleito, teve 917 votos. Uma unanimidade, literalmente.

O presidente eleito irá suceder o desembargador Maurício Soares, que encerra sua gestão neste mês de dezembro.

* Dia 19, das 19h às 22h, para comemorarmos e homenagearmos o centenário do pintor Inimá de Paula, a belíssima exposição coletiva: “Paisagens que aprendi de Cor”. No museu Inimá de Paula, claro!

* O governo de Minas está entre a cruz e a espada: ou paga os municípios ou os servidores. São apenas R$ 800 milhões em caixa e não tem como atender as duas demandas.