Paulo Navarro | terça, 7 de setembro de 2021

A cara do Brasil

Hoje é o primeiro 7 de Setembro da próxima história do Brasil. O primeiro mesmo, em 1822, não foi comemorado, nem sentido, porque é difícil termos consciência da história acontecendo ao vivo, num dia “comum”. A posteridade é que faz a história, como a Queda da Bastilha, na França e a Queda do Muro de Berlim, na Alemanha. Mas hoje, depois de 199 anos, o Brasil e grande parte dos brasileiros sentirão o doce gosto da liberdade e da Independência.

O cara do Brasil

Hoje, cada um de nós pode ser o Mito, o Cara, o Herói do Brasil. Com toda ordem e respeito, mirando o progresso e um Brasil melhor, invadamos, pacificamente, praias, calçadas, ruas, avenidas, cidades inteiras. Cantemos o hino nacional, comemorando a Primavera do Brasil.

As caras do Brasil

Vamos mostrar a brasileiros anestesiados e hipnotizados; estrangeiros mal informados e distantes, o que queremos, a partir de hoje, para que o Brasil, finalmente, seja uma nação; enfim o País do Futuro, já em 2021. E claro, que em 2022 possamos comemorar o bicentenário desta nova e vigilante independência.

O “supernosso” Euler Nejm, comemorando os 23 anos do seu e do nosso Supernosso. Foto: Edy Fernandes

Mais nosso

Em seu 23º aniversário, o Supernosso comemora com mais de um mês de ofertas. Produtos sob a curadoria Supernosso, e descontos de até 50%. Com a recente conclusão da transformação das lojas Carrefour Bairro em Supernosso e inauguração de outras três lojas, a rede festeja ainda mais com 50 lojas na região metropolitana de Belo Horizonte; bandeiras Supernosso e Momento Supernosso.

Hiper nosso

Com os canais de venda on-line, site Supernosso.com e o App Clube Supernosso, também. “O aniversário é sempre muito aguardado. E, neste ano, a maior comemoração. Serão diversas promoções em todos nossos canais de venda, preparados para atender os clientes da forma mais conveniente, levando a melhor experiência de compra”, destaca Marcelo Branquinho, gerente geral de marketing do Grupo Supernosso.

Vacina esportiva

Na contramão da pandemia, isolamento e “home office”, algumas atividades esportivas fizeram o movimento contrário, saindo de casa e caindo no gosto das pessoas em busca de ar livre. E foi nesse cenário que o Beach Tennis teve um boom de crescimento. Belo Horizonte tem hoje cerca de 60 quadras específicas para a prática dessa atividade esportiva. Apenas no bairro Belvedere são 23 locais.

Saída esportiva

“A pandemia deu uma alavancada porque as pessoas estavam procurando atividades ‘outdoor’, ou seja, fora das quatro paredes das academias”, revela o presidente da Federação Mineira de Beach Tennis e jogador profissional na modalidade, Luiz André Basile. O professor e praticante do Beach Tennis, Leo do Carmo, concorda: a crise sanitária foi a principal responsável pela expansão desse esporte.

Curtas & Finas

*Até 17 de outubro, no BH Shopping, os visitantes podem curtir o Jump Around no estacionamento do Piso Mariana.

São 2.500m² de pura diversão em um castelo gigante com escorregadores, pista de obstáculos, muitas cores, quadras de basquete, música e estruturas de escalada.

A regra principal é se divertir pulando muito.

*O Grupo EPO, 29 anos no mercado mineiro da construção civil, não relaxa quanto à qualidade de seus imóveis residenciais e comerciais.

Assim, a construtora recebeu, em agosto, a recertificação da ISO 9001 e SiAC/PBQP-H: Nível A.

Foram auditadas as obras do Contemporâneo, Prisma, Brisa, Luar, Parque Bandeirantes, Espaço 356 e os processos do escritório central.

*Na pauta do bom gosto, inteligência e diversão, “A Alma Imoral”, “A Lista” e “A Esperança na Caixa de Chicletes Ping Pong”, com a atriz Clarice Niskier.

Três peças abrindo a temporada teatral da Mostra Cine Brasil.

As apresentações da artista, que comemora 40 anos de carreira, acontecem entre os dias 10 e 12, no Grande Teatro Unimed-BH.

Ingressos imperdíveis pelo site do Cine Theatro Brasil Vallourec e na bilheteria do teatro.

*Para fomentar o turismo e a gastronomia em Belo Horizonte, novidades de Gustavo Tavares, da “Gás Produtora” e Isabela Lapa, do blog “Coisas de Mineiro”.

A dupla realiza, entre os dias 10, 11 e 12, a sexta edição do projeto “Coisas de Mineiro” que, dessa vez, terá como tema as “Comidas que Aquecem”.

Com o patrocínio da Belotur e da Prefeitura de Belo Horizonte, o projeto mostrará o quanto a comida mineira possibilita momentos de aconchego e calor.

Quem faz e acontece passa por aqui

O coordenador do serviço de hematologia e transplante de medula óssea do Hospital Felicio Rocho, Guilherme Muzzi, com Paula Cesarino, Tiago, Gabriela e Laura Muzzi. Foto: Arquivo Pessoal 

A “Duas Mosqueteiras” do bistrô D’Artagnan, Marise e Denise Rache. Foto: Edy Fernandes