Paulo Navarro | terça, 26 outubro de 2021

Arte e Memória

Hoje, a Usiminas inaugura o mais novo equipamento voltado à comunidade. Instalado no prédio do Grande Hotel, o Centro de Memória Usiminas traz a história da indústria do aço no país, da própria Usiminas e de Ipatinga, além de um rico acervo de arte moderna e contemporânea, reunido pela empresa ao longo dos seus quase 60 anos de operação.

Memória e legado

Entre as obras, Amílcar de Castro, Bruno Giorgi e Tomie Ohtake. Para o presidente da Usiminas, Sergio Leite, o Centro de Memória será um legado para a memória da indústria no Brasil. “Entregamos à população não só de Minas Gerais, mas do Brasil, um espaço vivo, um ambiente para experiência, que evidencia a história da nossa indústria”.

Legado e inspirador

Não por acaso, o mesmo Sergio Leite é um dos 180 brasileiros na recém divulgada lista pela plataforma de notícias de economia e negócios, a “Bloomberg Línea”, com as “lideranças mais inspiradoras e resilientes da América Latina”. A lista destaca 500 pessoas do continente.

Inspirador e diferenciador

Pessoas que “fazem diferença em seus setores de atuação e contribuem para o desenvolvimento social e econômico de seus países”. Na lista, nomes da indústria, da filantropia, dos esportes e de vários outros segmentos. A seleção foi feita com foco, também, no trabalho de muitas dessas pessoas no enfrentamento da pandemia da Covid-19.

Mil salvas de canhão ao novo Comendador da Ordem do Mérito Aeronáutico, José Antônio Moraes. Foto: Arquivo Pessoal

Comendador Moraes

Boas novas do amigo e ex delegado geral de Polícia, Milton Fortes: “O inoxidável delegado geral de polícia José Antônio Moraes, ex corregedor-geral, ex secretário Adjunto da Polícia Civil de MG foi homenageado pela Força Aérea Brasileira - FAB a qual serviu antes de concurso para a Polícia”. Moraes foi agraciado com a Ordem do Mérito Aeronáutico, no Grau de Comendador, dia 22, na Base Aérea do Galeão, Rio de Janeiro.

Onça alemã

O brasileiro que já expôs no museu do Louvre, Paris, assinará uma das onças da Jaguar Parade BH 2021. E é um dos artistas que personalizará obra da maior mostra a céu aberto do mundo. “Alemão” ou Anderson Ferreira Lemes, já está na capital mineira para iniciar os trabalhos.

Onça paulista

“Alemão”, com a escultura “Esperança”, contará a história do homem em harmonia com a natureza; de um lado o amor e do outro a esperança. O paulistano é artista plástico e grafiteiro desde 2004. Coleciona prêmios nacionais e internacionais. Já participou de exposições na Suíça, França, Alemanha, Portugal, Irlanda, Argentina, Chile, México, Japão e Estados Unidos.

No evento de abertura da 20ª edição do festival gastronômico BH Restaurant Week, Fernando Reis, Fúlvio Motta e Gustavo Viana. Foto: Edy Fernandes

No mesmo evento, Wagner Espanha, o idealizador do Restaurant Week Fernando Reis e Aluísio Mol. Foto: Edy Fernandes

Curtas & Finas

*O Hospital Márcio Cunha, em Ipatinga, administrado pela Fundação São Francisco Xavier, conquistou o Prêmio Excelência da Saúde 2021, da Revista Healthcare Management.

A certificação destaca hospitais, operadoras de saúde e grupos empresariais que mais se destacaram nos últimos 12 meses.

O HMC foi destaque entre as instituições de saúde que alcançaram alta performance em sua gestão e sobressaíram em tecnologia.

O diretor de Hospitais da Fundação, Dr. Mauro Oscar Soares de Souza Lima, esteve presente na solenidade dia 16, em Natal, Rio Grande do Norte.

*Dia 28, dez candidatos de Minas participam da etapa regional do Festival da Canção Aliança Francesa 2021, concorrendo a uma vaga na final nacional.

O evento acontece no Teatro Sesi Minas, a partir das 19h30, e será transmitido ao vivo pelo Youtube.

A Semifinal de Minas Gerais também contará com público presencial. A retirada de ingressos é pelo Sympla.

*Pinturas em vários tamanhos, aquarelas, retratos, cidade imaginária e visões de Belo Horizonte, compõem a exposição “Fátima Pena: flores inexatas, esquinas de sombra”.

Exposição na Galeria de Arte do Centro Cultural Unimed-BH Minas, até 23 de janeiro de 2022.

300 obras e um vídeo inédito que abordará as múltiplas visões de Belo Horizonte, a paisagem urbana e seus ícones, temas recorrentes na obra pictórica e gráfica da artista.

*A dotART galeria realiza sua primeira exposição, desde o início da pandemia, com obras da artista Carolina Ponte.

A mostra individual, “Caleidoscópio”, fica disponível para visitação gratuita até 4 de dezembro.

*Entre 14 capitais brasileiras estudadas, BH foi a que teve o menor percentual de mortes pela Covid-19.

Com 1,37 milhão de clientes na Grande BH e líder em seu mercado de atuação, a Unimed-BH se orgulha desse resultado.

 “Como empresa referência na saúde suplementar, contribuímos diretamente com esses números conquistados pela capital mineira”.

“Reflexo da nossa parceria com a PBH e também das nossas ações pioneiras de enfrentamento à pandemia”, afirma o diretor-presidente da Unimed-BH, Samuel Flam.