Paulo Navarro | segunda, 16 de agosto de 2021

Centro de Memória

A verde e férrea Ipatinga vai ganhar, ainda em 2021, o Centro de Memória Usiminas, espaço permanente para obras e objetos que contam a história da indústria do aço e da própria companhia. Isso, além do acervo de obras de arte reunido pela ao longo de quase 60 anos de operação. Um “museu”, vitrine de documentos, objetos, obras de referência e “O” patrimônio.

Centro de Riquezas

Patrimônio composto por dezenas de pinturas, esculturas e objetos assinados por mestres brasileiros comporão o acervo do templo. A expectativa é que o este “paraíso” seja aberto ao sedento público em outubro, quando dos 59 anos da companhia. Só podemos esperar mais algum sinônimo para a palavra “perfeito”!

Centro de Belezas

Tesouros com a grife de Amílcar de Castro, Franz Weissmann e Tomie Othake; Yara Tupynambá, Álvaro Apocalypse e Alfredo Ceschiatti. O Centro de Memória vem reforçar a atuação sociocultural histórica da Usiminas na cidade, onde, via Instituto Usiminas, a empresa já oferece o Centro Cultural, o teatro Zélia Olguin e cerca de 100 imóveis em regime de comodato para projetos sociais e esportivos.

Centro de patrimônio

O Centro de Memória será instalado no prédio do Grande Hotel. A proposta foi apresentada ao Conselho Municipal do Patrimônio Histórico e Cultural de Ipatinga. Além de dar vida a um patrimônio arquitetônico, a expectativa é a de reforçar um conjunto de bens que foram recentemente restaurados pela Usiminas e entregues à população como a Academia Olguin, e a Estação Pedra Mole.

Centro de história

“Nossa proposta é dar nova vida ao Grande Hotel, patrimônio e referência de Ipatinga. Ao utilizar o espaço, hoje fechado para a visitação, queremos proporcionar às pessoas uma viagem ao passado, a vivência de momentos importantes para a formação da cidade e um regaste da identidade da região”.

Centro de futuro

“Temos uma cidade jovem e convivemos com os pioneiros de sua construção. Mas é importante esse registro sempre em andamento para que o legado se mantenha para as próximas gerações. É mais um presente que oferecemos à comunidade, mais uma forma de ampliarmos e incentivarmos o acesso à cultura”, afirma o presidente da Usiminas, Sergio Leite.

Centro de tudo

No bairro Castelo, o Grande Hotel Ipatinga foi construído pela Usiminas durante a implantação da usina para hospedar empreendedores siderúrgicos, autoridades nacionais, internacionais e realizar eventos. O projeto é do arquiteto Rafael Hardy e a inauguração aconteceu em 1961. Funcionou até os anos 1990 e foi tombado como patrimônio cultural municipal em 2000, sendo conservado pela Usiminas. Claro!

SOS SAS

Até dia 23, a “startup” social SAS Brasil, dimensão social do Sertões, o maior rally das Américas, percorrerá três estados do Nordeste oferecendo gratuitamente atendimento médico e odontológico para crianças e capacitação para profissionais de saúde locais atuarem em UTIs e Enfermarias especializadas no atendimento de pacientes com covid-19.

Curtas & Finas

*Ainda sobre a SAS Brasil. A caravana de 60 voluntários - todos vacinados - e três Unidades Móveis de Saúde passará por várias cidades.

Tibau do Sul (RN), Bananeiras (PB), Araripina e Tamandaré (PE). Todas na rota do maior rally das Américas. A expectativa é beneficiar mais de 10 mil pessoas.

*Até dia 20, a 4ª edição do Festival Literário Internacional de Belo Horizonte (FLI BH).

O tema é “Virando a Página: Livro e Leitura Tecendo Amanhãs”.

O evento, integralmente virtual, traz mais de 100 atrações e a participação de autores, artistas, pesquisadores e profissionais convidados do Brasil e exterior.

Conferências, mesas de debate, exposições, oficinas, seminário de bibliotecas, rodas de leitura, narração de histórias e saraus.

A programação é gratuita e poderá ser acompanhada pelo Portal Belo Horizonte, com tradução em libras, audiodescrição e legendagem.

*Agosto começou com perspectivas favoráveis de retomada do setor aéreo.

O Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, tem novidades em relação aos destinos atendidos.

"Tivemos um retorno e uma estreia, com o interior de São Paulo: Ribeirão Preto, retorna e  São José do Rio Preto é conexão inédita”.

Revelou Clayton Begido, gestor de Aviação e Conectividade da BH Airport.

Os voos já estão em operação no terminal. Para Ribeirão Preto são diários e partem do aeroporto às 21h45.

Para São José do Rio Preto decolam às 22h45, com frequência de seis voos semanais.

*O CEFET-MG continua realizando, amanhã, o Universaliza BH, evento que busca proporcionar a jovens estudantes, que almejam ingressar no ensino superior, todas as oportunidades acadêmicas da capital mineira.

De forma totalmente online e gratuita, o evento será transmitido via YouTube no canal da Território EJ (Empresa Júnior de Turismo da UFMG).

Quem faz e acontece passa por aqui

No lançamento do livro "5Garrafas", de Walter Navarro, no Albanos Hub Cervejeiro, o coordenador de Comunicação da Associação Mineira de Municípios - AMM, Lú Pereira, com a prefeita de Nepomuceno Iza Menezes. Foto: Edy Fernandes

No mesmo evento "engarrafado", os empresários e casal, Renato e Simone Arcuri. Foto: Edy Fernandes