Paulo Navarro | segunda, 10 de janeiro de 2022

"La vie en Rose" para Ludmilla Araújo e Luciano Rezende. Foto: Edy Fernandes


Verdade no vinho

Aviso aos navegantes; fãs e correligionários de Baco! Agora é que o consumo de vinho vai aumentar, mesmo! Esperemos, com moderação. Segundo o site especializado, Vitisphere, o ácido tânico encontrado nas uvas e no vinho combate o Coronavírus. Com o contato, o vírus não consegue mais penetrar nas células humanas.

Vacina no vinho

Pesquisadores americanos demonstraram, in vitro, que os polifenóis presentes nas uvas e no vinho alteram a forma como o vírus Sars-Cov2, que causa a Covid-19, se replica e se espalha. A Taiwan Medical University descobriu que os taninos do vinho inibem efetivamente a atividade das duas enzimas-chave do vírus.

Saída no vinho

"De todos os compostos naturais que testamos em laboratório, o ácido tânico é o mais eficaz", disse Mien-Chie Hung, bióloga molecular e presidente da universidade, à TVBS. Ela também lembrou os bons resultados obtidos com tratamentos experimentais com ácido tânico em 2003 durante a pandemia de SARS.

Solução no vinho

A pesquisadora tem esperança de que um tratamento farmacêutico seja desenvolvido em breve. Enquanto isso, recomenda que os cidadãos consumam alimentos e bebidas ricos em taninos para aumentar a imunidade. É o caso de uvas, vinho, banana, chá e vegetais. Mais um ponto para a melhor bebida do mundo.

Mina de Turismo

Reconhecendo ações benéficas do Turismo em Minas, a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo - Secult apresenta o portfólio “Boas Práticas Municipais do Turismo 2021”. Projetos e ações implementadas pelos municípios mineiros que reforçam o desenvolvimento da atividade no estado. O objetivo do portfólio é reconhecer e divulgar iniciativas que tiveram bons resultados na gestão turística nos municípios.

O caminho das belas pedras com Rodrigo e Juliandra Cheiricatti. Foto: Edy Fernandes 

Curtas & Finas

*Ainda sobre as “Boas Práticas Municipais do Turismo 2021”.

As atividades elaboradas colaboram para o desenvolvimento das cidades e a profissionalização do trade.

Bem como na consolidação e difusão de políticas públicas que podem ser ampliadas em outras localidades.

Segundo o secretário de Estado de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira, a aproximação entre a Secult e os municípios mineiros é união e diálogo.

Diálogo com o trade turístico e a cadeia produtiva da Cultura para retomar o desenvolvimento dos dois setores fundamentais no cenário de recuperação diante da pandemia.

“As boas práticas apresentadas neste portfólio, considerando as características e particularidades de cada região do estado, são reflexo da variedade e potência que o segmento do turismo de Minas Gerais possui”, afirmou Leônidas.

*Fevereiro próximo é raríssimo porque traz: quatro domingos, quatro segundas-feiras, quatro terças-feiras quatro quartas-feiras.

Quatro quintas-feiras, quatro sextas- feiras e quatro sábados. Isso acontece uma vez a cada 823 anos. Isso é chamado de MiracleIn.

Gostaram? Fomos conferir e: “Mensagem falsa, boato da internet. Cientistas explicam que todos os meses de fevereiro de anos não bissextos têm essa formatação”.

“O mês de fevereiro tem 28 dias, a não ser que seja bissexto como ano passado. Assim, todos os meses de fevereiro de anos não bissextos têm quatro domingos, quatro segundas, quatro terças".

Explicação do professor Roberto Dell'Aglio, do Departamento de Astronomia da Universidade de São Paulo.

*2022 começa com o lançamento da nova marca do Hospital da Baleia criada de forma colaborativa. 

A logo foi modernizada para reforçar a missão do hospital e o movimento pela vida com o foco de sempre, a solidariedade – marca registrada do Baleia.

“São milhares de pacientes, colaboradores, parceiros e amigos que fazem parte dessa trajetória e que nos movem rumo à transformação”.

“Essa construção teve a participação de todos esses atores e resultou em um lindo projeto que une tradição, modernidade e solidariedade”, afirma a diretora-presidente do Hospital da Baleia, Tereza da Gama Guimarães Paes.