Paulo Navarro | quinta-feira, 28 de março de 2019

No brunch em comemoração aos 28 anos da BM Office Concept, que aconteceu no Edifício Concórdia, a anfitriã Beatriz Maranhão, o arquiteto e designer Guto Requena, palestrante do evento, e a curadora Angélica Araújo

Foto: Edy Fernandes

Na mesma manhã, Juliana Grillo, diretora comercial da CasaCor Minas, e Gabriella Marques, diretora de locação e gestão de ativos na Tishman Speyer

Foto: Edy Fernandes

Preservar é ouro

Para a revista americana “Departures”, Tiradentes é a cidade mais bonita do Brasil. “Charmosas casinhas cercadas por montanhas e uma igreja verdadeiramente magnífica”. A revista – especializada em luxo, turismo e estilo de vida – apresenta dados históricos da região e destaca a arquitetura barroca de Tiradentes. Lembrando que esse sucesso e essa fama são devidos à preservação do patrimônio.

Autódromo ilegal 

Enquanto alguns cultivam a saudável prática de caminhadas e corridas em torno da Lagoa Seca, no Belvedere, fato deveras perigoso acontece aos domingos. É quando o entorno do bairro é tomado por motoristas sociopatas, montados em bólidos como Porsche, Ferrari e Lamborghini.

Circuito ilegal

Um show de exibicionismo e de barulhos infernais de suas possantes máquinas. O “circuito” tem extensão até o Shopping Serena Mall, na saída para Nova Lima. Vale apontar que parte deles não é de proprietários, e sim locatários de final de semana, carentes de inclusão social.

Circuito legal

A propósito do belo e chique bairro Belvedere, muito provavelmente pelo grande número de esportistas em suas ruas, é hoje um exemplo. Exemplo de respeito aos pedestres. Pedestres que, claro, usam e abusam das faixas e dos espaços durante a semana e ainda mais aos sábados e domingos. Prática que também tem um “upgrade” em corridas semiprofissionais perfeitas naquele cenário. O Belvedere ainda merece palmas por outra atitude civilizada, a coleta de cocô de cachorro pelas calçadas portuguesas.

Curtas & Finas

* Sobre o Belvedere e Vila da Serra: nesta semana a Polícia Civil prendeu, em flagrante, um dos membros de uma quadrilha especializada em roubos a relógios de luxo que atuava na região.

* Hoje, às 21h, Cláudia Bossle se apresenta no evento “Bossa, Samba e Jazz”, no Hotel Fasano Belo Horizonte.

A cantora também grava canções para novo projeto “Boss le Champ”, composta em parceria com o marido, Champignon.

* Dia 25 de maio, às 13h, a Feijoada Beneficente em prol do Instituto Café Solidário, no Morro do Chapéu.

Na organização: Izabella Tavares, Claudia Sabino, Lilian Tunes, Juliana Vasconcellos e Patrícia Fonseca.

O ICS cuida de 147 crianças na cidade de Buritizeiro, um dos mais pobres municípios de Minas.

* Acervo do Museu Inimá de Paula ganha nova leitura. Sai a exposição “Tridimensionalidades”, entram outras dimensões do artista.

“São olhares modernistas de Inimá”, diz André Caviola, responsável pela leitura.

* Dulce Ribeiro e Eduardo Girão convidam para o lançamento da carta de queijos do Rex Bibendi, composta somente por exemplares mineiros. Dia 2 de abril, às 19h.