Paulo Navarro | quinta-feira, 16 de abril de 2020

Em ritmo de festa: Eduarda Lopes e Eduardo Fonseca

Foto: Edy Fernandes

As belas Elisa Dayrell e Clara Senra durante coquetel em Belo Horizonte

Foto: Edy Fernandes

Apoie o prazer 

“Apoie Um Restaurante” é um movimento que já beneficiou muitos estabelecimentos. Duas marcas se unem à Stella Artois: Nestlé e Nespresso. Compre um voucher com 50% de desconto e ajude seu restaurante, bar ou cafeteria favorito. O voucher é válido até 31 de dezembro.

Salve o Azul 

Em tempo de solidariedade, civilidade e generosidade, como atleticano, endosso as considerações de Ronaldo Granata a todos que o estão incentivando a se lançar presidente do Cruzeiro Esporte Clube: “O Cruzeiro primeiro. O porquê do sim? Porque muitos conselheiros, amigos, familiares e empresários pediram e me legitimaram como candidato à presidência do Cruzeiro Esporte Clube. Por que o sim?”.

Limpem o Azul 

“Porque vou passar o Cruzeiro a limpo, sem apoio de ex-presidentes, acordos e negociações de cargos com pessoas que saqueiam o cruzeiro há décadas. Conto com nove milhões de torcedores e com o grande Conselho Deliberativo, para mostrar a todos que o Cruzeiro vem primeiro”.

Poder e força 

A pertinente visão da psicóloga Liliane da Costa Val Dabien: “Eu sou o poder. É imperativo curvarmo-nos perante o poderoso inimigo oculto: a Covid-19. Ressignificar diante das intempéries. Convivências forçadas, diálogos enfrentados como nunca. Olho no olho, porém, na onda desse vírus, não vale dente por dente. Só vale muita introspecção, reflexão, uma parada numa estação atípica. Nela nenhum trem, ônibus ou metrô dá a partida. A partida agora é outra ou são outras”. Continua abaixo.

Curtas & Finas

* Liliane da Costa Val Dabien completa: “Novas relações, novas intimidades antigas, intimidades esquecidas, revividas numa época de incertezas”.

“Sim, mas há como confrontarmos esse inimigo olhando no âmago de nós mesmos, exercitando com muita resiliência, complacência, procurando entender com mais humildade quem somos e por que viemos a esse planeta”.

“Talvez, assim, consigamos perceber com mais acuidade o que é solidariedade, compaixão, amizade, amparo, respeito”.

“Vençamos essa luta, mas que sejamos os vencedores despidos de vaidade!”.

“Esse inimigo poderoso nos mostra de maneira cruel que não existe poder étnico, econômico, intelectual, social. Só existe um alvo e, infelizmente, meu caro, ele é humano: nós”.

* Outra fundamental dica de especialistas na área: encarar tudo com bom humor, rir, procurar e conviver com pessoas alegres e positivas.

Na medida do possível, evitem dramas na TV, procurem comédias. Bastam os noticiários incômodos e brutos.

* Dentro das lives que o titular da coluna vem fazendo, pelo menos uma vez por semana, no Instagram, Euler Fuad Nejm, presidente do Grupo Super Nosso, é o entrevistado de hoje, às 19h.