Paulo Navarro | quinta-feira, 14 de maio de 2020

No "fique em casa" da quarentena, o fotógrafo Edy Fernandes, nos seus exercícios diários

Foto: Arquivo pessoal/Divulgação

A empresária Rafaela Nejm, na companhia dos filhos Teresa e Henri, trabalhando home office durante a pandemia

Foto: Arquivo pessoal/Divulgação

Viagem mágica 

Temos ótima dica de leitura, conhecimento, diversão e “turismo”, em forma de e-book, o “Viajando com o vinho – 100 vinícolas ao redor do mundo (Volume 1)”, de Francisco Maia Neto. A obra contém as publicações diárias feitas a partir do início do confinamento no grupo do Facebook, “Vinho é Vida!”. A aproveitar sem moderação. Francisco dedica o e-book, claro, à esposa Patrícia, maior incentivadora e companhia nestas aventuras, aos filhos Luis Fellipe e Roberta e aos netos, Priscila e Cássio.

Viagem solidária 

Francisco também agradece aos amigos e confrades nesta viagem ao mundo do vinho; “um guia para aprendizes, escrito por um aprendiz”. A renda foi 100% doada à creche Tia Dolores, que cuida de crianças, adolescentes e adultos com paralisia cerebral (http://www.tiadolores.org.br/).

Sorria em casa 

A piada da semana, humor nos tempos do vírus, é “Se brasileiro não sabe o significado de ‘fique em casa”, imaginem entender o que é ‘lockdown’. E o popular ‘confinamento’, semana passada, acabou em outra anedota: este tal de ‘lockdown’ é parente da ‘Black Friday?”. Só rindo!

Força da União 

Vale e Fiat ajudam e muito! Mas precisamos de muitas outras grandes empresas. Como? O Hospital da Baleia tem capacidade de 180 leitos. Para a Covid serão equipados 100 leitos. O hospital tem menos de um terço de respiradores para os leitos. Além de mais de 70 respiradores, o Hospital precisa de inúmeros insumos e equipamentos para esses mesmos leitos e para preparar-se no combate à pandemia.

Curtas & Finas

* Detalhando os custos para o combate à Covid-19: são necessárias mais de 200 mil bombas de infusão de leito a cerca R$ 5 mil a unidade.

70 monitores multiparâmetro completo em torno de R$ 7 mil a unidade.

São necessários 100 aspiradores portáteis ao preço de R$ 325 a unidade. 50 camas hospitalares, R$ 4.500 cada unidade.

Por isso, o Hospital da Baleia clama pela ajuda de pessoas jurídicas e físicas a fim de equipar esses leitos.

Artistas também podem ajudar o Hospital da Baleia com a realização de lives beneficentes.

* Profissionais da saúde de todo o Brasil estão convidados a dançar online com o Grupo Corpo, em agradecimento ao trabalho de quem está na linha de frente.

O Grupo Corpo preparou aulas de dança que aliviem dores, tensões e proporcionem descontração e alegria. Duas vezes por semana, a partir do dia 15, às 18h e, sábado, dia 16, às 9h.

Aulas, ao vivo, limitadas aos primeiros 100 participantes. Cadastro através do link https:/ bit.ly/grupocorpo-plantao