Paulo Navarro | quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Na visita da coluna à fábrica da Karsten/Trussardi, em Blumenau, os anfitriões Liza Tormena, Jorge Papazoglu, Joana Fuchs e Alvim Ralph Neto

Foto: Paulo Navarro

Humberto Alves Pereira Filho ao lado de Renato e Simone Arcuri, assessores da Trussardi em BH, no happy hour pós-tour realizado na Casa Mac

Foto: Paulo Navarro

Coluna em Blumenau

A convite da direção nacional da Karsten/Trussardi e do franqueado das marcas em Belo Horizonte, Jorge Papazoglu, a coluna aterrissou em Blumenau nesta semana para conhecer a histórica fábrica da grife, majestosamente instalada em 130.000 m² no meio da Mata Atlântica. In loco, através de Alvin Rauh, diretor comercial da Karsten, conhecemos a história da família Karsten, que investe em tecelagem desde 1882.

Fabricando sonhos 

Durante a visita, conhecemos o processo criativo e de fabricação de todos os produtos. Um dos pontos mais interessantes foi a área de transformação do algodão bruto em fio, usado na produção dos tecidos para decoração. Com investimentos em tecnologia, a empresa tornou-se um dos principais exportadores de produtos têxteis para o lar.

Diário de Bordo 

Em nosso diário de bordo, dados sobre outro reconhecimento de competência: a aquisição da tradicional empresa Trussardi. Pelo tour na fábrica, manhã adentro em companhia da gentil gerente Joana Campestrini Fush e da consultora Liza Tormena, tomamos conhecimento da entrada de novos acionistas na empresa a partir de 2014. Investidores esses que passaram a controlar a fábrica junto com a família Karsten. Com a união, a tecnologia ganhou um “plus”, revertida na qualidade de produtos.

Referência de beleza 

Com 1.800 colaboradores comprometidos e apaixonados pelo que fazem, conforme conferimos, a Karsten, num todo, é a sexta empresa mais longeva do Brasil, referência em beleza, conforto, qualidade e inovação em cama, mesa, banho e decoração. Na sua carteira “private label”, anotamos Kenzo, Carréblanc, Ralph Lauren, Aramis, Yves Delorme, Disney, Missoni e Trousseau.

Curtas & finas

* No nosso “caderninho” de notas de viagem, flashes passados e presentes de Blumenau. Oktoberfest à parte, bela cidade de gente culta, dado à sua colonização europeia. Blumenau também guarda uma das poucas áreas de Mata Atlântica preservada que ainda existe no país.

Neste cenário, ponto para o Hotel Boutique Villa do Vale, que abrigou colegas da mídia no tour da Karsten/Trussardi.

Uma joia na montanha! Bacana também o restaurante típico alemão Monjolo.

Instalado à beira do rio Itajaí-Açú, o cartão postal da cidade foi placo do almoço de boas-vindas aos mineiros convidados de Rui Ness, proprietário da Karsten, e do diretor da empresa, Alvin Rauh.

E no capítulo mídia, já em Beagá, Simone e Renato Arcuri, gentis e competentes assessores locais da Trussardi, promoveram, em sua loja Mac Móveis, happy hour com o grupo que acompanharam em Blumenau.

* Pegou bem a nomeação, feita pelo governador de Minas Gerais, Romeu Zema, de Cledorvino Belini para diretor-presidente da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig).

Belini foi presidente de Desenvolvimento da FCA – Fiat Chrysler Automobiles para a América Latina, entre novembro de 2015 a junho 2017.

* Para comemorar seus 90 anos de história, o Mercado Central promove, amanhã, o “Encontro com a Imprensa”.