Paulo Navarro | quinta, 25 de março de 2021

A elegância, charme, poder e beleza de Silvia Araújo. Foto: Edy Fernandes.

Filhos de Cabral

Italianos e alemães redescobriram a região de Porto Seguro. Os últimos, alargando horizontes, sentiram os bons ares e fincaram barraca em Santo André, paradisíaco lugarejo próximo a Santa Cruz Cabrália, “cativeiro de milionários”, incluindo brasileiros. Construído originalmente como condomínio, em 2010, virou o hotel Campo Bahia e serviu como campo de treinamento para a Seleção Alemã de Futebol, na Copa de 2014.

Filhos do luxo

Depois da Copa, o empreendimento transformou-se em uma “villa”, ilha de charme e sofisticação. O hotel boutique de luxo, Campo Bahia, hoje oferece serviços de alta qualidade; restaurante, spa, “beach lounge”, academia e outras maravilhas. Buscando mais vitórias, os “gringos” continuaram a fazer “gols”. A bola da vez é o incremento do turismo local, com a construção de um aeroporto internacional.

Filhos do paraíso

O aeroporto aterrissará entre Porto Seguro e Eunápolis, na BR-101. Antiga reivindicação do trade, ele reacende a esperança de trazer de volta voos e rotas internacionais suspensos dado ao custo benefício. Decolavam de Porto Seguro, com pouca gasolina, por conta do pequeno comprimento da pista, obrigando uma escala em Salvador para reabastecimento e de lá seguiam para a Europa.

Filhos do Brasil

Pausa para importante detalhe. O custo de uma decolagem é extremamente caro, gasta muito combustível; valor dobrado pelas saídas de Porto Seguro e depois, de Salvador; tudo por causa da pista curta. Um exemplo? A saudosa Lauda Air, do não menos saudoso Niki Lauda, que começou como táxi aéreo, interrompeu suas investidas no Nordeste, pelo mesmo motivo, o custo benefício não valeu a pena.

Filhos de Deus

Voltando ao aeroporto, o investimento terá como parceiros os atuais concessionários do aeroporto de Porto Seguro - que não é da Infraero -, que foi desativado e transformado em condomínio de luxo. Enquanto isso, seguindo a mesma trilha dos paulistas, em Trancoso, com suas congestionadas pistas para jatinhos nos grandes feriados, os mineiros do luxuoso Condomínio Guaiu mostram suas asas, construindo um aeroporto de 1.500m. Só falta ser asfaltado.

O “divino e dantesco” professor de Literatura Italiana e História na Fundação Torino Escola Internacional, Riccardo Cassoli. Foto:  Carol Reis.

Programa dantesco

E no universo Casa Fiat de Cultura, hoje, às 19h, mais um incontornável evento “online”. No altar, Dante Alighieri (1265-1321) que, além de escritor e político florentino é o primeiro e maior poeta da língua italiana, o que lhe rendeu o título de “il sommo poeta” ("o sumo poeta"). Daí, a celebração anual, o Dantedì, ou Dia de Dante.

Programa divino

Hoje, 25, marca o início da viagem do poeta em sua obra-prima, a “Divina Comédia”. Para falar sobre a magia do poema, o professor de Literatura Italiana e História na Fundação Torino Escola Internacional, Riccardo Cassoli, ministra uma palestra virtual em homenagem ao Dia de Dante, no sétimo centenário de sua morte. Inscrição gratuita pela Sympla: http://bit.ly/DoInfernoAoParaiso.

A poderosa elegância de Aguinaldo Diniz e Carlos Alberto Teixeira. Foto: Edy Fernandes

Curtas & Finas

*Ipatinga deve ganhar, ainda neste ano, o Centro de Memória Usiminas que vai abrigar tesouros, em caráter permanente.

Obras e objetos que contam a história da indústria do aço e da própria companhia, além do acervo de arte reunido ao longo de quase seis décadas.

Patrimônio em dezenas de pinturas, esculturas e objetos de grandes artistas brasileiros, num espaço, com localização ainda em fase final de estudos.

A expectativa é que o Centro de Memória Usiminas seja aberto à visitação pública em outubro, marcando os 59 anos de operação da companhia.

No acervo, Amílcar de Castro, Franz Weissmann, Tomie Othake, Yara Tupynambá, Álvaro Apocalypse e Alfredo Ceschiatti.

*Perceber, compreender e agir: três pilares sustentados pela capacidade de aprender com a experiência do uso da Inteligência Artificial.

Diferentes tecnologias que, combinadas, causam transformações consideráveis na condução de negócios pelo mundo.

O crescimento da prática é uma realidade no Brasil, principalmente no ambiente do novo normal da insuportável pandemia.

Em 2019, ficamos em terceiro lugar na criação de "unicórnios", empresas com valor acima de US$1bilhão.

Empatamos com a Alemanha e ficamos atrás apenas de EUA e China; naquele ano, os americanos criaram 78 unicórnios; em 2020, os asiáticos conseguiram 22.

Um dos maiores gênios do futebol brasileiro, Zico, fala hoje, no Youtube, da Estácio. Foto: Divulgação/Escola de Futebol Zico 10/Estácio

*Hoje, a partir das 19h, o craque Zico - mestre do futebol - é o convidado da abertura do primeiro semestre dos cursos de graduação da Estácio.

Zico, parceiro da instituição via Escola de Futebol Zico 10, conversa com Eduardo Parente – professor e presidente da Estácio.

O evento será realizado para todos interessados, pelo canal da Estácio no YouTube.