Paulo Navarro | quinta, 17 de dezembro de 2020

Rodrigo James, Fernanda Ribeiro e Terence Machado criadores e criaturas da revista cultural Esquema Novo. Foto: Divulgação/Esquema Novo

Trio ternura

Há quatro anos, o publicitário Rodrigo James e os jornalistas Fernanda Ribeiro e Terence Machado criaram o Esquema Novo. Uma revista cultural, um panorama do mundo do entretenimento e da cultura pop - cinema, séries, teatro, música, literatura, artes plásticas e gastronomia - com um peso forte na cena da capital mineira.

Trio pintura

Todas as quintas, às 19h, eles se encontram em uma “live” no canal do projeto no Youtube (YouTube.com/esquemanovo), socialmente distanciados, cada um na sua casa, e conversam sobre as novidades da semana, comentam alguns fatos e se divertem bastante com os comentários espirituosos de um público fiel que tem aumentado a cada semana.

Trio parada dura

Hoje, na última “live” do ano, um balanço de 2020 e expectativas para 2021. Assim que a pandemia deixar, o trio retoma o formato da reunião semanal, com convidados sempre que possível, mas sem deixar o lado de curadoria de conteúdo cultural. Afinal, é preciso alguém com “notório saber” para filtrar e mostrar o que vale a pena ser consumido.

“Herrar é umano”

Erramos feio e muito, na coluna do dia 13, divulgando o Réveillon dos hotéis Fasano no Rio de Janeiro e em Angra dos Reis. Então, no capítulo “perdoar é divino”, passemos à correta informação. Segundo Marcella Sobral, da agência que atende o Fasano, “as informações publicadas no texto sobre o fim de ano dos Hotéis Fasano Rio e Fasano Angra estão totalmente erradas. O restaurante Fasano Al Mare sequer existe mais e o Baretto-Londra está fechado”.

Errar e corrigir

“Diferentemente do que foi publicado, o Fasano Rio de Janeiro não terá festa de Réveillon nem evento com DJ no Baretto-Londra (bar fechado desde o início da pandemia). O hotel terá Ceia de Réveillon no restaurante Gero, seguindo todos os protocolos de segurança e disponível apenas para hóspedes. O Fasano Angra dos Reis também não promove nenhuma festa. Ceia no último dia do ano no restaurante Praia, apenas para hóspedes, sem aglomeração”.

Outros muros

A empreendedora social, Camila Chiari Pentagna Guimarães, começou a pré-venda de seu livro “Outros Horizontes: O Impacto da Covid-19 em Comunidades de Belo Horizonte”. Trata-se da realidade por trás dos “muros invisíveis” que construímos ao nosso redor. O livro impresso será lançado dia 21 e registra os heróis anônimos, neste período, um dos mais difíceis da história

Outros heróis

Há mais de 10 anos em atividades do terceiro setor, em meio ao caos e ao terror criado pela Covid-19, Camila realizou, em suas redes sociais, campanhas para doação de marmitas.  “Eu e amigos entregamos cinco mil marmitas em 20 comunidades de Belo Horizonte e foi a partir desta ação que nasceu a ideia do livro”, explica a escritora.

A empreendedora e escritora, Camila Chiari Pentagna Guimarães, lançando o livro “Outros Horizontes: O Impacto da Covid-19 em Comunidades de Belo Horizonte”. Foto: Arquivo Pessoal

Curtas & Finas

*No último dia 3 conhecemos a nova linha de móveis da Amplio, empresa mineira, sinônimo de qualidade e originalidade.

As novas peças rimam com o principal valor da marca: o DNA mineiro de forma contemporânea e arrojada. 

São móveis perfeitos para a época. Híbridos, perfeitos para piscina ou sala de estar.

A inspiração veio dos móveis de fórmica, tesouros dos anos 60/70 e dos móveis de madeira da cultura popular.

O alumínio e a fibra náutica, com madeira e tecidos, tiram o caráter frio, muitas vezes associado ao mobiliário de piscina. 

Detalhes fazem a diferença, como sutis bordados ou impressões de estampas digitais. 

Os bordados são das artesãs de Barra Longa, mulheres que foram atingidas pelo desastre do rompimento da barragem de rejeito de minério de ferro, na tragédia anunciada de Mariana, 2015.

*Vale e muito repetir notícia boa veiculada aqui mesmo em O TEMPO, dia 11.

*A Eastern Airlines alça dois novos voos para o Brasil, ligando Miami e Nova York a Belo Horizonte a partir de 29 e 30 de março. 

De Miami, voos às 22h, segundas e sextas-feiras, com pouso na capital mineira às 7h25. 

Retorno aos domingos e quartas-feiras às 22h, com chegada à cidade da Flórida às 5h25. 

De Nova York, voos às terças-feiras e aos sábados, às 23h, com aterrissagem em BH às 9h45. 

O retorno acontecerá às terças-feiras, às 10h15, descendo na metrópole norte-americana às 19h. 

Desde 2018, quando a American Airlines cancelou os voos para os Estados Unidos, BH não tinha ligação direta com Miami. 

Antes da pandemia, a Azul operava o voo direto para Fort Lauderdale. No site da Eastern Airlines, os bilhetes já estão sendo vendidos.

É a primeira vez que a companhia norte-americana terá voos regulares para o Brasil, parte do plano que inclui Argentina, Equador, Uruguai e Paraguai.