Paulo Navarro | quinta, 14 outubro de 2021

O diretor-presidente da Fundação São Francisco Xavier, Salvador Prado Júnior e o presidente da Usiminas, Sérgio Leite. Foto: Divulgação

Libertas e Saúde

A solenidade de lançamento do Hospital Libertas e da Usisaúde, dia 7, na Sala Minas Gerais, em Belo Horizonte, foi um êxito, coroado pelo show do Skank. Como anfitriões, o diretor-presidente da Fundação São Francisco Xavier, Salvador Prado Júnior e o presidente da Usiminas, Sérgio Leite. O evento teve a participação de diretores e representantes das duas entidades, empresários, autoridades, médicos e outros convidados VIPs.

Libertas e Usiminas

O Hospital Libertas, administrado pela Fundação São Francisco Xavier, entidade braço social da Usiminas nas áreas de saúde e educação, será inaugurado em 2022, na Pampulha. Com ele, também chega a BH, a Usisaúde, operadora de plano de saúde com mais de 200 mil vidas.

Libertas e filosofia

“Tratar com carinho, cuidado e respeito. Nosso foco no ser humano é o maior legado que podemos repassar para a população. O Hospital Libertas é nossa continuidade neste trabalho. Além do Libertas, estamos chegando para consolidar a Usisaúde; a maior operadora filantrópica do país e a mais renomada do Vale do Aço”, disse Salvador Prado Júnior.

Futuro elétrico

Um dos maiores eventos sobre mobilidade elétrica do país e energias renováveis acontece pela primeira vez juntos, em um formato inovador, o “Ampere: Ecossistema de Mobilidade Elétrica do Brasil” com a presença de diversas autoridades e empresas do setor. O objetivo é discutir soluções sustentáveis e tecnológicas para os graves problemas que o planeta enfrenta, como o alto nível de emissão de CO2.

Futuro próximo

Apresentar soluções para melhorar a mobilidade urbana e práticas tecnologicamente desenvolvidas por empresas na área ambiental e matrizes energéticas que já vêm sendo utilizadas nas cidades do futuro. Na abertura, dia 22, às 17h, no Ouro Minas Palace Hotel, estarão presentes autoridades como o presidente diretor da Apex Brasil, General Roberto Escoto e o prefeito de Nova Lima, João Marcelo Dieguez Pereira.

Futuro Verde

Em seguida será apresentado o “Painel Investimento em Minas Gerais e Brasil – Green Economy” ministrado pelo Indi e Apex Brasil. Já no segundo painel, apresentado pelo CEO da Bravo Motor Company, Eduardo Munõz e pelo Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda de Nova Lima, Abner Henrique, será abordado o investimento da Bravo Motor em uma fábrica em Nova Lima.

O gerente de marketing da Fundação São Francisco Xavier, Rodrigo Maia e a gerente de comunicação da Fundação São Francisco Xavier, Valéria Marcondes. Foto: Divulgação

Futuro hoje

A programação contempla atividades entre os dias 22 e 30 no Ouro Minas e Expominas e em Nova Lima, no Alphaville e Teatro Municipal Manoel Franzen de Lima. O piloto de carro elétrico, o automobilista Sérgio Sette Câmara, será o padrinho do Desafio Intermodal e marcará presença no evento compartilhando suas experiências.

Ultraje a rigor

Do jornalista Cláudio Humberto: “Com ou sem eleição, a Justiça Eleitoral custa mais de R$9,8 bilhões anuais ou R$27 milhões por dia. E 65% vão para o sumidouro de salários altos e penduricalhos idem. Sobram razões para acabar essa sangria, que torrou meio bilhão de reais na sede suntuosa do TSE em Brasília. Ainda não se vê no horizonte da Câmara a extinção da Justiça Eleitoral. jabuticaba que só existe no Brasil, mas o presidente, Arthur Lira, avisou: ‘Não tenho preconceito com nenhuma pauta, da direita ou da esquerda’”.

Curtas & Finas

*Continua Claudio Humberto sobre mais um absurdo brasileiro.

Ex membro do TSE confessou certa vez a vergonha que sentia ao usar gabinete de ministro com 150 metros quadrados “num país sem escolas”.

O estacionamento privativo mostra como o dinheiro público foi gasto sem piedade no magnífico palácio espelhado da sede do TSE.

Tanto luxo para o TSE reunir sete ministros nas noites de terça e quinta: três do STF, dois do STJ e dois que têm escritórios de advocacia.

Países democráticos criam comissões provisórias para realizar eleições, mas no Brasil patrimonialista virou permanente, e com poder judicante.

*O Grupo Oncoclínicas realiza ao longo de todo o mês a #CorrenteRosa, com série de ativações em plataformas digitais.

Plataformas voltadas a um olhar positivo para o retorno das rotinas médicas no combate ao câncer de mama.

Isso, nas mídias sociais e por meio do hotsite especial www.movimentopelavida.com.br 

Serão disponibilizadas informações sobre prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer de mama, direitos das pacientes e outras dúvidas frequentes.

A iniciativa contará ainda com uma programação de lives com médicos especialistas, voltadas ao esclarecimento das principais dúvidas da população em geral.

* O CCBBBH recebe a temporada do espetáculo “Pá de Cal (Ray-lux)”, com dramaturgia inédita do premiado autor Jô Bilac.

Completando, a direção de Paulo Verlings e os atores Carolina Pismel, Isaac Bernat, Orlando Caldeira, Pedro Henrique França e Kênia Bárbara no elenco. 

A trama gira em torno da morte do membro mais jovem de uma família e de como serão terceirizadas as responsabilidades nas decisões seguintes ao trágico acontecimento. 

Por conta da temática representatividades, Jô Bilac desenvolveu uma cena na qual os personagens realizam uma Constelação Familiar. Do dia 22 ao 15 de novembro, às 20h.