Paulo Navarro | quarta-feira, 29 de agosto de 2018

A bela e competente Marina Rossi, fazendo e acontecendo no marketing da Auto Japan

Foto: Edy Fernandes


Tão Brasil 

A linda e inteligente Mariliz Pereira Jorge escreveu: “O pior do Brasil é o brasileiro”. Ela lembrou uma carioca que se recusou a ajudar um gringo. Num inglês perfeito ela teria dito: “Você está no Rio para as olimpíadas e não fala português?” E continuou a grosseria em feio português: “Segue em frente e vira à direita que tu chega no metrô! Gringo tá no Rio e eu tenho que falar inglês?”

Brasil brasileiro 

Continua: “Se isso aconteceu na época festiva dos Jogos, imagine agora com a realidade baixo astral em que vivemos. A faceta de um cidadão sem empatia e mal-educado pipocou na TV, no WhatsApp e nas redes sociais naqueles dias de paralisação”, se referindo à greve dos caminhoneiros.

Brasil matreiro 

Segundo Mariliz, o brasileiro, em sua imensa maioria, apoiou o movimento, mas não queria ficar sem gasolina, carne, legumes, sem que a empregada chegue ao emprego, nem abrir mão de viajar no feriado. “Queremos um Brasil diferente, mas não ousem me deixar sem mamão formosa”.

Brasil inzoneiro 

Mariliz termina impecavelmente: “Testemunhamos gente em guerra, empunhando galões de combustíveis que, ao encontrar as bombas secas, digladiou com os que estavam também atrás de gasolina. Carros com o tanque quase cheio em filas longas, durante horas, apenas para “completar”. Gente que em frente a uma prateleira com duas bandejas de tomates a dez ‘contos’ o quilo, tratou de catar ambas, mesmo sob protesto de terceiros. Deixa eu garantir o meu, os outros que se danem”. Merecemos o que temos.

 

Sem perdão 

27 anos seguidos! Um marco gastronômico e cultural. A “Feijoada do Maranhão” será dia 1º de setembro, das 13h às 18h, no Automóvel Clube. Entre as atrações musicais, a banda de samba Faixa Nobre-B e os sertanejos Marcelo Silva & Ryan, mais Amanda Versus Pop Funk. É também um intercâmbio cultural, reunindo e seduzindo convidados de todo país.

Curtas & Finas

* Errata: Mayra Cardi não estava na 11ª edição do Proação Fashion Day. Já o show da cantora Iza foi “contagiante”.

* De 1º ao dia 23 de setembro, eventos em 60 lugares e 20 cidades, sendo aldeias indígenas, centros culturais, igrejas, parques, praças e teatros de Minas Gerais.

E também na Aldeia Boa Vista, em Ubatuba/SP. Todos palcos da 16ª edição do Festival Internacional de Corais, Bandas & Congados, o FIC 2018 com participação de 160 grupos.

As pré-aberturas acontecem dias 30 e 31 de agosto, na Catedral Nossa Senhora da Boa Viagem, com o coral Niños Cantores de la Araucanía – Chile e no Colégio Santo Antônio, com o espetáculo Raízes Indígenas da Oficina Coro Cênico Cesgranrio.

* Hoje, o Banco Semear comemora 12 anos. Celebração, amanhã, com festa a partir das 18h, inaugurando o terceiro andar, continuando ações e projetos.

* O lançamento da coleção primavera-verão do BH Shopping teve Félix Diaz, que veio de Ribeirão Preto e já mostrou sua garra por aqui quando, em 2010, respondeu pela gerência de operações do mall, como anfitrião.

O evento aconteceu no Cinemark e teve talk show da jornalista Mônica Salgado.