Paulo Navarro | quarta-feira, 17 de julho de 2019

Em noite de festa na 68 La Pizzeria, o papa dos vinhos espanhóis, Raúl Perez, emoldurado por Nelson Rigotto e Dulce Ribeiro

Foto: Edy Fernandes

No mesmo agradável evento, a anfitriã, Lilian Mesquita, ao lado de Eduardo Cunha

Foto: Edy Fernandes

Tempo feliz 

Há 30 anos, agosto é o mês do McDia Feliz, transformando a venda de Big Mac em sorrisos e saúde. Em 2019, a campanha – uma das maiores em prol de crianças e adolescentes no país – será dia 24. Pelo quinto ano consecutivo, a Casa de Acolhida Padre Eustáquio (CAPE) está no McDia Feliz e já trabalha, com o apoio da Santa Casa BH (SCBH), fazendo da arrecadação deste ano mais um lindo sucesso.

Espaço feliz 

O projeto selecionado é o “Irradiando o Cuidado com Alegria”, que vai revitalizar a área em que funciona o atual Serviço de Radioterapia da SCBH, incluindo a construção de um consultório pediátrico e uma brinquedoteca. Espaço divertido para esperar consultas e tratamento.

Minas de prata 

E a Silver Economy? Economia de Prata? Prata dos cabelos brancos. Sabiam que, pelo andar manso da carruagem, já tem gente passando um terço da vida na aposentadoria? Jovens idosos de hoje que vão consumir de tudo, até 2030. Silver Economy: negócios com a terceira idade.

Prata de ouro 

A constatação vai do Brasil a vários países, principalmente em tempos de Reforma da Previdência, cada dia mais premente. A cada dia, também aumenta o potencial de serviços e produtos dirigidos a esse promissor e crescente mercado. A população de jovens diminui ano após ano pelo mundo. A idade avançada predomina como tendência no mundo. Entre 2050 e 2060, a população mundial será 30% composta de idosos (hoje, em torno de 14% a 18%). Isto incluí gastos com pensões, saúde, lazer e estilo de vida.

Curtas & Finas

*Na Silver Economy, os atores principais já estão com os filhos formados, possuem um imóvel e têm a vida estabilizada.

Querem aproveitar a vida, contribuir socialmente e profissionalmente, com solidariedade e justiça.

Problema: a maioria das empresas ainda voltam seus olhares aos “millenials” e não àqueles com mais de 45 anos.

A expectativa de vida mundial cresce em média dois meses por ano. A esperança de vida dos brasileiros subiu de 75,2 anos, em 2014, para 75,5 anos, em 2015.

* Produtores mineiros de cravos em Senador Amaral, Itapeva, Munhoz e Jaboticatubas foram destaque na Enflor 2019 em Holambra, São Paulo, quer terminou ontem.

A Enflor recebe floristas e decoradores do Brasil todo. A participação dos mineiros é parceria com a Hilverda Kooji, fornecedor de mudas na Holanda e seu representante em Minas, o Clube de Campo.

Enquanto a Colômbia tem 1.200 hectares de cravos, no Brasil estima-se que plantio seja de apenas 20 hectares. E as rosas de Barbacena?