Paulo Navarro | quarta-feira, 16 de setembro de 2020

Lindas até mascaradas, Flávia Zech Coelho e Carolina Lanna, durante o evento Twenty four Seven

Foto: Divulgação/Twenty four Seven


Brasil colônia

Com vantagens e desvantagens, o Brasil continua uma colônia exportadora de matérias-primas, e Minas, uma colônia dentro do Brasil. Em suma, Brasil e Minas continuam uma economia agrícola, primária, de commodities. Pelo menos as exportações do agronegócio mineiro seguem aquecidas, com acréscimo de 10% na receita no comparativo de janeiro a agosto de 2020 com o mesmo período do ano passado.

Minas colônia

Graças à demanda internacional e à alta do dólar. Por isso o arroz é novo vilão e está com o preço pela hora da morte. A receita das vendas agrícolas atingiu US$ 5,7 bilhões, com o embarque de nove milhões de toneladas. O agronegócio respondeu por 35% de toda a comercialização externa do estado, e a China permanece como o principal parceiro comercial. Claro, sempre a China.

Economia colônia

A famigerada China comprou US$ 1,7 bilhão, acréscimo de 30% em relação a 2019. As principais importações chinesas foram a soja, carne bovina, celulose, açúcar e frango. O café – tesouro paulista do século 20 – continua destaque das exportações do agronegócio de Minas no século 21, com receita de US$ 2,24 bilhões e 12,5 milhões de sacas embarcadas neste ano. A receita corresponde a quase 40% de todos os produtos do agronegócio exportados.


Sem máscaras, mas seguros e saudáveis, Vanilda Carneiro, Pedro Santiago, Rosa Magalhães e Antônio Rezende

Foto: Edy Fernandes


Datas de ferro

Do outro lado da moeda, o Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) confirmou: a Expo & Congresso Brasileiro de Mineração 2020 – Exposibram 2020, que, normalmente, aconteceria em Belém, Pará, será online. Logo, histórica! Os dias 24, 25 e 26 de novembro reunirão o quem é quem da mineração, com seus planos, exemplos de sucesso, tendências, negócios e toneladas de otimismo.

Datas de ouro

Na pauta, palestras e debates, o panorama político e socioeconômico do mundo, os bons e eternos desafios da mineração. A incontornável feira internacional, companheira inseparável da Exposibram, também acontecerá online com todas as facilidades tecnológicas disponíveis, uma vitrine de produtos e projetos, ou seja, “negócios da China”.


Alerta anunciado

Estudo da Universidade do Estado do Rio de Janeiro apontou que casos de depressão aumentaram em 50% na quarentena; ansiedade e estresse, 80%. Para pesquisadores ingleses há uma tendência de alta nas taxas de depressão e ansiedade em jovens, nos próximos anos. Segundo a psicóloga Adriana Cabana, do grupo Prontobaby, é importante que os pais fiquem atentos ao comportamento dos filhos e, caso observem algo diferente, devem procurar a ajuda de um especialista.

Alerta sintomático

“Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, a manifestação clínica mais comum é representada por dores de cabeça e abdominais, fadiga e tontura. Queixas seguidas por ansiedade. Já na adolescência, os sintomas são mais próximos aos dos adultos, como tristeza, esgotamento afetivo e social e transtornos alimentares, como anorexia e bulimia”, explica.

Alerta desafiador

No mês que traz um alerta de prevenção ao suicídio, um dos grandes desafios é conscientizar a sociedade que problemas como depressão estão diretamente ligados a essa causa. A psicóloga Adriana atenta para as dificuldades da população enxergar a depressão como uma doença e como a atividade física pode salvar as crianças de desenvolverem esse quadro.


Curtas & Finas

* 46º Festival de Inverno de Itabira terá oficinas de gastronomia, música, artesanato e produção cultural. Amanhã, às 16h, Rodrigo Bernardi, do Instituto ITI, ensinará uma receita de broa de fubá com goiabada. Na sexta-feira, 18, também às 16h, o cozinheiro volta com um “petit suisse” de morango. Os vídeos estarão no YouTube. Dia 19, às 10h, Guilherme Procópio Souza ensina a fazer pães italianos com fermento natural, os “sourdough”. Às 13h, Marcelo Hautequeste comanda a oficina “Percussão Corporal”. Vídeos também no YouTube.

* Dia 10, a Funerária Santa Casa BH completou 120 anos de fundação. Foi a primeira de Belo Horizonte e é uma das maiores infraestruturas do setor, com planos funerários, serviços variados e cursos de tanatopraxia. Com exclusividade, faz sepultamentos gratuitos para carentes e indigentes, numa parceria com a PBH. De janeiro a junho deste ano, foram feitos 658 serviços funerários nesse acordo.

* O filósofo, jornalista e neurocientista Fabiano de Abreu lança seu oitavo livro visando uma nova “Filosofia na Educação Infantil”, com foco no combate à dispersão. Técnicas e visões sobre o comportamento atual das crianças e como despertar seu interesse pelo conhecimento. As leituras estão disponíveis em plataformas digitais em formato e-book na Amazon (Kindle) e Google Books. Até o fim do ano, o escritor planeja todo um arcabouço teórico, mais dez livros digitais, perfazendo 14 em sua carreira.