O amigo das Cinderelas

Crédito: Edy Fernandes

O amigo das Cinderelas 

Rica e exitosa biografia tem Alexandre Birman, CEO da Arezzo & Co. Cursou a Fumec e participa do Owners and President Management Program da Harvard Business School, Boston, EUA. Fundou a Schutz em 1995, mais de 18 anos de experiência em calçados e acessórios. Alexandre ganhou o prêmio “The Vivian Infantino Emerging Talent Award”, categoria do respeitado Footwear News Achievement Award.

Alexandre, sempre Belo Horizonte?

- Uma sensação muito especial estar com as mineiras, as belorizontinas que me ajudaram a fundar a Schutz quando eu tinha 18 anos. E foi há muitos anos...

Schutz e Arezzo & Co.  Mesmo com esta crise, a Schutz cresceu. Quais as estratégias?

- A Schutz sempre conseguiu se reinventar e manter a liderança em moda, acessórios e calçados. Com três anos, a linha de bolsas já corresponde a mais de 20% das vendas. A estratégia é essa: expansão de novas categorias de produtos.

E o posicionamento da marca?

- Posicionamento contínuo, nas mídias digitais! A Schutz foi a primeira marca no Brasil a ter conta no Instagram. E hoje, tem mais de 3,7 milhões de seguidores. Ela tem esse apelo digital muito forte hoje. Há alguns anos, a Schutz iniciou um processo de se internacionalizar, mas ainda está no começo. Além de exportar para diversos países, a Schutz tem duas "flagships" nos Estados Unidos; Nova York e Beverly Hills.

Quer dizer que a Schutz conquistou a América?

- É a marca de desejo das principais formadoras de opinião. As irmãs Kardashian, Kate Perry, Britney Spears. Então, isso tudo junto, uma equipe apaixonada e que entende de moda; a gente consegue bons resultados e continuar encantando as mulheres.

A Schutz é bem contemporânea, reinventa, renova...

-  Tem uma frase: “Quando uma mulher usa Schutz, ela chega chegando.” Não passa despercebida, está sempre na frente. As pessoas olham para os pés dela e vêem bastante design. Cores sempre muito fortes, saltos altos confortáveis. Nunca provei, para ser sincero, mas é o que as consumidoras dizem. Um diferencial muito grande.

É difícil reinventar ainda mais, mas...

- Lógico. A operação nos Estados Unidos está embrionária, aprendendo sobre esse mercado tão competitivo. Se Deus quiser, temos muitos frutos para colher. E diversificamos a categoria de bolsas, estamos testando óculos, bijuterias e nossa intenção é de continuar diversificando a categoria de produtos da Schutz.

Mas a Schutz está em boas companhias!

- Temos na Arezzo & Co. mais quatro marcas: a Arezzo, também fundada em Belo Horizonte pelo meu pai e pelo meu tio em 1972; a marca AnaCapri que tem uma força muito grande aqui em Belo Horizonte, fundada há 10 anos e que vende calçados flats; a Alexandre Birman que tem como foco o segmento luxo e é distribuída na Zezé Duarte e, mais recentemente, a marca Fiever, que é a nossa marca muito contemporânea, muito jovem e que tem como base o tênis e será patrocinadora do Rock in Rio.