Desapertem os cintos

Esbanjando vocação, o sério e competente diretor presidente da concessionária BH Airport, Adriano Pinho, acredita que o Aeroporto Internacional de BH poderá ter papel fundamental para o desenvolvimento econômico de Minas. Na entrevista abaixo ele comenta os principais desafios e o reconhecimento já obtido nos últimos três anos, desde que a concessionária assumiu as operações do aeroporto.

 

- Quem é o profissional Adriano Pinho?

- Sou engenheiro de formação e participei desde o início do projeto de concessão do aeroporto como um dos responsáveis pela elaboração da proposta técnica para o leilão, que foi realizado em novembro de 2013. Fui o diretor de Infraestrutura da BH Airport, área responsável pela implantação do novo Terminal de Passageiros, inaugurado em 2016, e no ano passado assumi a presidência da concessionária.

 

- Há quanto tempo aterrissou em BH?

- Há quatro anos, quando a BH Airport assinou o contrato de concessão.

 

- O que você trouxe como bagagem, a bordo?

- A vontade de contribuir com o propósito da BH Airport de tornar o Aeroporto Internacional de BH um dos melhores do país.

 

- Como é o desafio de comandar o aeroporto internacional da terceira maior capital do país?

É um grande desafio, principalmente se considerarmos o papel que um aeroporto pode desempenhar no desenvolvimento econômico e social do estado. Maior ainda porque ele gera, diretamente, mais de sete mil postos de trabalho, ou seja, gera renda para outros milhares de pessoas. É um desafio extremamente estimulante.

 

- Como o Aeroporto pode contribuir para o desenvolvimento de Minas Gerais?

- Em vários países do mundo, os aeroportos de grande porte já são considerados os equipamentos que mais ajudam a promover o desenvolvimento, seja em razão da grande movimentação de passageiros que atrai novos investimentos no setor de comércio e serviços do entorno, seja pela necessidade que alguns segmentos da economia que precisam transportar seus produtos de maneira mais ágil, segura e econômica pelo modal aéreo. É um efeito em cadeia positivo que induz o desenvolvimento de diversos setores.

 

- O que a população ganhou com o projeto que vem sendo desenvolvido pela BH Airport ?

Desde que a BH Airport assumiu as operações do Aeroporto, em 2014, a percepção dos passageiros sobre a qualidade dos nossos serviços melhorou consideravelmente.  Em pouco mais de três anos passamos da 12ª para a 3ª colocação entre os Aeroportos mais bem avaliados do Brasil. E no mês passado recebemos fomos premiados pela ACI World como o aeroporto que mais evoluiu na qualidade dos serviços na América Latina e Caribe. Além disso, fomos reconhecidos como o aeroporto mais pontual do país e o quarto no mundo, na nossa categoria. Esses reconhecimentos só ampliam a nossa responsabilidade e o nosso compromisso com a melhoria contínua da prestação de serviços aos nossos passageiros.