Cuidado é pouco

No Open Day promovido pela Bamaq Automóveis para celebrar a nova fase da concessionária, Clemente Faria Jr, o titular da coluna, Max Rodrigues e Carlos Rubéns Doné 

Foto: Edy Fernandes

Cuidado é pouco
Da impagável Dilma Salles Moura: "Como a situação vem piorando, vou reforçar e confessar: Mano, não vou nem comentar. Se eu der minha opinião vão me chamar de machista, racista, fascista, malabarista, taxista, dentista, contorcionista, trapezista, fisiculturista, esteticista, otorrinolaringologista, halterofilista...". E sem exagero, Dilma confessou outras 999 profissões/pecados. Deu o recado.

Prevenir e evitar
De Ricardo Feltrin, colunista do UOL: A Globo, que tem nada de boba, via Ali Kamel, diretor-geral de Jornalismo e Esportes da Globo, "decidiu que seus profissionais de Jornalismo devem acabar com a prática de fazer check-in em estabelecimentos comerciais, como restaurantes e hotéis, bem como marcar ou exibir grifes e produtos em suas redes sociais".

Prevenir e precaver
Kamel avisa que essa prática, que pode ser entendida como merchandising, deve acabar e vale para toda a rede da emissora, "jornalistas devem evitar em suas atividades públicas tudo aquilo que possa comprometer a percepção de que exercem a profissão com isenção e correção.”

Erros crônicos
Impressionante como o brasileiro não aprende com seus erros, contrariando máximas e filosofias. Antes, persiste em repetir os erros ou deslizes, mais graves. Nada de novo no front do Brasil 2018 que, aparentemente, tem nojo e sente dor ao aprender: Datafolha, Lula, Marina...".

Nova tradição
Dia 1º, a Minasmáquinas Automóveis passou a chamar-se Bamaq Automóveis. “Decidimos alterar o nome para criar uma maior sinergia entre as demais empresas do Grupo e fortalecer ainda mais a nossa marca. Estamos entre as cinco maiores concessionários de automóveis Mercedes-Benz do Brasil e continuaremos sempre buscando a excelência", afirma Clemente Faria Junior, diretor do Grupo Bamaq. A mudança, com projetos de expansão, ocorreu, dia 2, num “Open Day” comemorativo para parceiros e clientes.

Curtas & Finas
* Ainda sobre a Bamaq, segundo Clemente Faria Junior, o nome Minasmáquinas, por ser regional, necessitou ser mudado a partir da definição da ampliação de sua área de atuação.
O tradicional Grupo Bamaq, que foi fundado em Minas há 43 anos, atua também em Pernambuco, Alagoas, Rio Grande do Norte, Paraíba, Ceará, Amazonas, Pará, Bahia, Maranhão e Piauí.
O Grupo Bamaq está expandindo os negócios e a meta é, até o próximo ano, estar com todas as operações do Grupo integradas.

* Na Galeria Arlindo Corrêa Lima, Palácio das Artes,  a exposição "Linhas de Força", de Marcone Moreira, de 15 de dezembro a 25 de fevereiro.
Múltiplas linguagens: pinturas, esculturas, vídeos, objetos, fotografias e instalações.

* Jamais assista programas engraçados enquanto discute com a sua mulher. Se rir, morre.

* O Haus München dá a largada nas comemorações de seus primeiros 50 anos com o lançamento da Cerveja Haus e novos pratos. Lá estaremos, dia 13 de dezembro, às 19h30.