Acabou-se o doce

No café da manhã de abertura da exposição Da Vinci, no Shopping Cidade, Marcos Vitalino, Tânia Souza, Edgar Gontijo, Luciane Starling, Valéria Guimarães
Foto: Edy Fernandes

 

Jeitinho mineiro

O brasileiro é empreendedor, mas o Brasil não. Então, o negócio da China é ir atrás de quem ultrapassou 999 obstáculos e conseguiu abrir uma empresa. Ir atrás do que deu certo e está provado. Por isso o mercado de franquias em Minas cresceu 8,4% em 2017. Somos o terceiro estado em número de franquias no Brasil. Faturamento de R$ 12 bi, segundo a Associação Brasileira de Franchising – ABF.

 

Acabou-se o doce

A Economia parou de piorar, mas ainda está longe de melhorar. Enquanto a Páscoa vendeu mais chocolate neste 2018, a American Airlines, que já operou voos em Curitiba e Porto Alegre, atenderá apenas quatro cidades do Brasil: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Manaus.

 

Acabou-se tudo 

Sim, depois de 15 anos dourados, bye-bye BH; três rotas diretas da American entre EUA e Brasil serão suspensas a partir de agosto. Duas frequências que partem de São Paulo e Rio de Janeiro serão reduzidas. Segundo a companhia ela está “apenas gerenciando a capacidade no Brasil em resposta às condições de mercado que não se recuperaram tão rapidamente quanto esperávamos”. Em outras palavras, a American desviará seus aviões do Brasil para mercados mais certos e lucrativos na Ásia e na Europa.

 

Acabou-se quase 

A suspensão das rotas vai na contramão das companhias aéreas brasileiras que aumentam as frequências para os Estados Unidos desde o ano passado. A Avianca passou a voar direto para Nova York, a Gol voltará a operar a rota para a Flórida, a Latam iniciará frequências para Boston e Las Vegas. A Azul incrementou o serviço de Orlando e Fort Lauderdale.

 

Brinde à meritocracia

E na ex Cidade dos Bares - com Lei Seca, burocracia da PBH e crise sem fim - um espaço pegou. O Cabernet Butiquim, dos sócios e irmãos Maria Claudia e Pablo Teixeira, que completa três anos de inauguração com novidades. Receita? Qualidade e preços honestos. 

 

Curtas & Finas 

* Qual a novidade sobre os três primeiros anos do Cabernet Butiquim, na Savassi?
É que, a partir deste abril, o Cabernet Butiquim ganha nova unidade, no Belvedere, onde funcionou o antigo Djalma Mercearia.

* A Univiva  comunica: o Ministério Publico propôs uma Ação Civil Pública sobre a falta de segurança na MG 030, especificamente para os pedestres.
Isso, no trecho compreendido entre o Hotel Caesar Business Belvedere e o limite entre Belo Horizonte e Nova Lima, em razão da ausência de passeios e deficiências na iluminação pública.
O processo está em fase de indicação de testemunhas que possam comparecer em juízo para prestar depoimento sobre a situação de insegurança do trecho. O prazo é até amanhã.

* Junglebier Rock and Roll comemora os 30 anos do Bar do Marcinho, dia 7 com Wilson Sideral e outras atrações.

*Sobre o cancelamento da AA em Confins, o presidente da BH Airport, Adriano Pinho, diz: “Não havia nenhuma indicação sobre esta decisão e também não fomos informados da motivação.”
E conclui falando sobre a Azul: “Estamos estudando em conjunto com empresa várias opções mas ainda sem sinal verde.”