Resistência à Insulina – as doenças da modernidade

Entender o papel da insulina no nosso organismo é fundamental para quem busca uma vida longínqua, afinal, ela desempenha um papel muito importante no nosso corpo e consequentemente na nossa saúde. Os problemas ligados à ela estão cada vez mais comuns, muitos dizem que ela está fundamentalmente conectada às doenças da modernidade.

O que é resistência à insulina?
A insulina é um hormônio produzido pelo pâncreas, sua principal função é regular a quantidade de nutrientes que circulam na corrente sanguínea.
Ela controla a glicose no sangue e afeta o metabolismo de gorduras e proteínas.

Como acontece?
* Quando comemos carboidratos a quantidade de glicose no sangue aumenta.
* O pâncreas percebe e libera insulina na corrente sanguínea.
* A insulina avisa às células para absorverem a glicose do sangue, assim o nível de glicose no sangue baixa.

Algo está errado!
– A insulina perde a eficiência e as células resistem ao seu comando.
– As células não absorvem mais a glicose como deveriam. Se essa disfunção acontecer por um período prolongado, chamamos esse fenômeno de resistência à insulina.
– Assim tanto o nível de insulina como o de glicose acabam ficando mais altos no sangue e isso desencadeia diversos problemas como: Diabetes tipo 2 e Síndrome Metabólica.

0 que Causa a Resistência à Insulina?
1 – Aumento da circulação de gorduras ruins no sangue -  gordura intramiocelular:  acúmulo nas células musculares e gordura visceral: acumulada internamente, em volta dos órgãos.
2 – O alto consumo de frutose: açúcar presente nas frutas e também adicionado a alimentos e bebidas.
3 – Sedentarismo.
4 – Alterações da flora intestinal além de causarem vários problemas metabólicos contribuem para a resistência à insulina.
5 – A inflamação do corpo e o aumento do estresse oxidativo.
6 – Maus hábitos como tabagismo e alcoolismo.

Como  podemos evitar?
Manter alta sua sensibilidade à insulina é um dos segredos para a longevidade.  Para não desenvolver Resistência à Insulina e consequentemente a Síndrome Metabólica, os hábitos de vida saudáveis são fundamentais:
1 – Perder de peso: eliminar gordura, principalmente a da região abdominal.
2 – Parar de fumar.
3 – Praticar exercício físico: essa é a chave para evitar diversas complicações na nossa vida.
4 – Dormir com qualidade.
5 – Reduzir o consumo de açúcar.
6 – Fugir de alimentos industrializados.
7 – Consumir mais ômega 3: O ômega-3 também é capaz de baixar o nível de triglicérides, outro fator que está sempre elevado em pessoas com resistência à insulina.
8 – Reduzir o estresse: pratique algo que lhe dê prazer, meditação é sempre uma boa solução.
9 – Reduzir o consumo de carboidratos
10 – Fazer jejum intermitente: de acordo com a indicação do seu médico.