Um banco iluminado

Douglas GodinhoCrédito: Marcella Frattezi 

Um banco iluminado

Douglas Martins Godinho é diretor do Banco Neon: "O Banco Neon é o banco da geração que não gosta de ir ao banco! Uma nova geração que prefere ir ao dentista a ir ao banco. Característica provada por uma pesquisa sobre o assunto. O Neon é o único banco 100% digital no Brasil. A operação é toda via celular. Gasta-se quatro, cinco minutos para abrir uma conta. É bem simples, fácil, didático".

Falemos das origens mineiras do Banco Neon, com o Banco Pottencial.
O Pottencial foi criado em 1994 pela família Geo: o Argeu Géo, Carlos Géo e João Géo. Em 2013, precisou achar um novo nicho para concorrer com os grandes. E foi o lado do banco digital. Encontramos o Pedro Conrade, da startup Controle. Do Pottencial com a Controle, nasceu o Banco Neon.

E o Neon tinha um foco etário, não é?
Tinha, a população mais jovem. Mas atingimos é o público digitalizado; o jovem, o quarentão. Viemos para quebrar o serviço financeiro. Fazemos as mesmas coisas, só que muito melhor.

E descomplicada, certo?
Captamos a biometria facial para acesso à conta. Nos outros bancos são senhas, digitais. Diferente de outros bancos que pedem comprovante de endereço e materiais que você pode manipular, o Banco Neon, não. Onde você estiver, através de sua biometria facial, você terá acesso à sua conta. E estamos trazendo também a nova tecnologia da Visa que é a biometria facial em compras na internet para evitar fraudes no cartão.

E a adesão está surpreendente.
Lançamos o Neon Digital em julho de 2016 e colocamos 5000 contas para serem abertas em um mês. Em menos de 48 horas, abrimos todas as 5000 contas. Hoje temos 100 mil contas pedidas.

E o perfil físico do cliente?
A maioria na faixa de 18 a 35 anos. O mais velho tem 86 anos. Estamos concentrados mais no Sudeste e 84% dos clientes são homens.

E as mulheres?
Demora um pouco mais. São curiosas, mas ficam com o pé atrás. Mas vamos chegar até elas. É uma questão de mostrar um pouco mais, atende-las da melhor forma.

Para o Neon o ano também começou agora?
Nossa intenção era ter 100 mil contas em 2017. Fechamos esse número agora, em abril. E temos os lançamentos para o ano. Você pode abrir uma conta mesmo negativado, com problema no SPC e no Serasa. Não temos risco de crédito.

Por quê?
Oferecemos dois cartões. Um físico que você usa na loja e um de crédito virtual. Mas o saldo da conta é que é o seu limite de crédito. O cartão não tem anuidade, nem taxas recorrentes. Temos as tarifas normais, mas muito abaixo do mercado.

Então tudo bem?
Tudo.

E quem quiser saber mais?
Basta entrar no www.banconeon.com.br para saber como utilizar o aplicativo e como abrir a conta.

Por que o nome Neon?
Quer dizer jovem em grego.

Como estão os números do Neon em Minas?
Temos um atendimento muito bom. Não existe o problema de transferir a ligação entre atendentes. A pessoa do primeiro contato é a mesma que vai finalizar o atendimento.