Paulo Navarro | terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Durante almoço de harmonização com os vinhos Terre Natuzzi e Dom Giovani Classico, no restaurante O Italiano, o anfitrião da casa, Vinicius Veloso, e sua sommelière, Nelia Cerino, ao lado dos parceiros da Casa Flora, Rodrigo Hermeto e Luciano Contarini

Foto: Edy Fernandes


Turismo no pé 

Presente , sábado último, na Feijoada no Country do MTC, Aluizer Malab, secretário Nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo, revelou que o Ministério do Turismo está empenhado em baixar o custo Brasil. Segundo ele, uma das coisas mais importantes para alavancar o turismo brasileiro é fazer jus a tudo o que naturalmente temos de potencialidades. E mais, que não podemos calcar mais patamares tão inferiores ao que hoje o turismo representa no mundo.

Bom exemplo 

Em rodas de amigos e sambistas mandando ver na quadra do clube, Malab citava a redução de impostos sobre combustíveis da aviação promovida pelo Governo de São Paulo. Para ele, a iniciativa anunciada na última semana, em solenidade da qual participou ao lado do governador João Doria e do secretário da Fazenda, Henrique Meirelles, vão de encontro ao incremento de negócios e turismo.

 

Situação inusitada 

Copiando postagem lida em Instagram: “Estou tentando entender. Você coloca dez crianças em contêiner, com um ar condicionado gambiarra, em uma área da empresa Flamengo, que deveria ser um estacionamento; que não tinha alvará para construir alojamento algum, carbonizando dez vidas promissoras, que eram inclusive funcionários do grupo. E a mídia coloca #forçaflamengo?!! Seguindo a lógica, deveria eu agora colocar #forçavale?! Este país é um país muito, muito errado.

Direto de Miami 

Da Flórida, onde participa de encontro promovido pela Federação Interamericana de Cimento da qual é conselheiro, o mineiro Paulo Camillo Penna, presidente da Associação Brasileira de Cimento Portland, anuncia à coluna que em 2020 deve trazer um importante evento global do setor para o Brasil.

Ano de crescimento 

Penna lembra que a indústria do cimento, depois de passar pela maior crise de sua história com quatro anos sucessivo de perdas, começa 2019 com os primeiros resultados positivos e espera fechar o ano com 3% de crescimento: “Ainda é pouco quando verificamos uma queda de 26% entre 2015 e 2018, mas já acena com otimismo os anos à frente”, profetiza.

Curtas & Finas

* A coluna ficou órfã. Referência de jornalismo opinativo e isento, Ricardo Boechat carimbou a escola dos justos e transparentes num país nebuloso. Perdemos todos os brasileiros!

* Na pauta de hoje, almoço com o governador paulista João Doria, que vem a Belo Horizonte – a convite de Paulo Cesar e Gustavo Oliveira – participar do Conexão Empresarial da V&B Comunicação.

* A artista plástica Dulce D’Assunção apresenta parte da Série “Poemas Pintados”, pinturas sob lona com pigmentação mineral, durante a exposição coletiva “Arte em Movimento”, na Ps Galeria. Em cartaz até o próximo dia 28.

* O Minas Shopping recebe, até o dia 17, a mostra “Retratos de Superação”, organizada pela Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (Abrale), em apoio ao mês de combate à leucemia.

* Parabéns para Terezinha Brandão Sette, professora, mestra e mãe do artista plástico Sylberto Sette, que comemorou 87 anos na última quinta-feira.

O Outback Steakhouse lança suas famosas canecas em versões bem diferentes, coloridas e customizadas com frases que têm tudo a ver com os momentos vividos dentro do restaurante.