O que é bom...

O CEO da VGX Contact Center, Victor Felipe Oliveira, ao lado de Gláucia Pedrosa e Desirée Mourão em visita à Fundação Sara em Belo Horizonte.

Foto: Divulgação


O que é bom...
Do site do estilista Renato Loureiro. Fazemos coro e lamentamos, não sem antes disparar elogios ao futuro ex espaço:  "A Collete, na Paris chique, templo mundial dos  descolados, fechará dia 20 dezembro! É loja conceito incrível! Nela, você se sente imediatamente fascinado  pelo seu poder ímpar  de atiçar desejos". Sua proprietária, Colette Roussaux batalhou e venceu até cansar sua beleza.


...Dura 20 anos
Colette Roussaux, cansada de receber "non" das grifes que queria vender, abriu  a Colette, rue de St. Honoré, local mais fashion de Paris. A esnobada começou a esnobar:  "Virou a chérie fashion" de  todas editorias de moda  e do mundinho fashion de joelhos  fazendo fila.


20 anos de luxo
Nas semanas de moda a pergunta era sempre a mesma: já foi à Colette?  Grifes novas ou famosas  implorando por suas coleções nas vitrines da Colette. Vitrines tentação, um jeito inovador de expor os tesouros, a mistura nas araras propondo produções  da grife a com a grife b.


20 anos pra recomeçar
Uma infinidade de objetos high tech, beleza, livros, design, escolhidos pelo apurado olhar de Colette. Sem esquecer outra moda lançada, um bar pioneiro e exclusivo, só para águas. Água de todo mundo, das Tasmânia aos icebergs do Norte. Mas o fechamento é grande perda para a moda ou apenas um vírgula para o espaço ser assumido pela Saint Laurent? Paris, em dezembro, ficará menos charmosa ou melhor? "Tudo que é bom acaba, mesmo depois de 20 excepcionais anos" explicou a loja num breve comunicado.


Lucas Pêgo, diretor de desenvolvimento da Abrasel Nacional ao lado da nova diretora executiva da Abrasel em Minas Gerais, Luciana Domingues

Foto: Rafaela Marinho


Curtas & Finas

* E sobre o fechamento ou não da Colette, negociações acontecem com Saint Laurent, para a retomada da boutique e funcionários.


Desde junho, Colette abriga várias marcas, dedicando a elas todo o seu espaço. 


Depois de Balenciaga (Kering), os clientes mais estrelados do escritório Lucien Pagès: Sacaï, Thom Browne, Chanel e enfim, Saint Laurent.


Ah! No final de 2016, as vendas de Colette atingiram, pasmem: 28 milhões de euros. 


"Uma mulher precisa de apenas duas coisas na vida: um vestido preto e um homem que a ame." (Coco Chanel).


No que a linda Adriani Rausch Mainenti completa: "Pode ser uns três ou quatro vestidos pretos e um homem que a ame? Vai que tá frio, vai que tá calor, vai que chove... vai que ela engordou...


* Jovens que sonhavam mudar o país, mudaram de país.


* Você não precisa ter medo da Profundidade. Você precisa resolver isso... 


- É que todas às vezes que você me viu na superfície... eu estava respirando. (Fernanda Dalloway).