Força no "Absofuckinlutely"

Ludmilla 
Foto: Edy Fernandes

Força no "Absofuckinlutely"

Ela é linda, "formosa", inteligente, engraçada, mui bem humorada e tem o gatilho mais rápido do Velho Oeste. Nela, o famoso "Olhar 43" está mais para 230 e não se fala mais nisso.  Falamos de Ludmila Gauzzi Carneiro. Antes de pessoa, uma mulher deveras interessante que trabalha e se diverte muito, tudo junto, sempre, agora. Então, para os "Absolute Beginners", a tal da danada da Ludmila.

- Lud, apresente-se ao honorável e respeitável público.
- Ludmila é jornalista, pós graduada em marketing, empresária, mãe. É mais tímida do que muita gente pensa, mais reservada do que muita gente imagina.  

Fale de seu lado empresária. O Tip Top...
- Trabalhei na Rádio Itatiaia por 10 anos como produtora e assessora de comunicação. Em 2006 comecei e administrei a Feira do Mineirinho por oito anos. Depois adquiri, com uma sócia, o Bar Tip Top, o mais antigo de BH, onde estou há cinco anos.

- E a literalmente familiar Itatiaia?
- Tem minhas lembranças mais remotas. Cresci em meio a pessoas muito interessantes, inteligentes, artistas, boêmias. Outros tempos e a rádio era bem menor, mais improvisada. Uma discoteca com 30 mil vinis. Fui apresentada à boa música muito cedo e sou grata por isso.

- De onde tira tanto bom humor?
- O ser humano é material riquíssimo. Primeiramente temos que aprender a rir das nossas falhas. Depois olhar o outro com empatia e deixá-lo ser quem ele é. Transito em diversos ambientes, gosto de ouvir histórias, dou corda e as pessoas ficam à vontade comigo.

- Feminina sem ser feminista chata...
- Me peguei várias vezes sendo machista com meus filhos, repetindo falas e padrões culturais ultrapassados. Tenho muito que me policiar. Tirar esse ranço leva tempo e muita conscientização.   

- E a Lumila mãe? Cada vez mais coruja ou já soltou os filhos para o mundo?
Sou uma mãe canceriana. Meus filhos, primeiro. Depois, meus filhos. Em seguida, meus filhos. Agora são adolescentes e eu estou amando. Os meninos hoje são rápidos, inteligentes, ligadíssimos e atualizam a gente o tempo inteiro.

- Continua viajando bastante?
- Viajando menos do que gostaria. Poucas viagens, mas boas.

- Este 2018 será mais de Copa do Mundo, eleições, trabalho ou tudo junto?
- Além do Carnaval do Tip Top que foi um sucesso, queremos realizar mais dois eventos ainda este ano. Lançamos também o E2T2, um espaço para troca de experiências gastronômicas, mas a grande novidade é a parceria com o chef e professor Adriano Vilhena para a  reformulação do cardápio do Tip Top; queremos unir tradição e atualidade. Estamos também planejando os 90 anos da casa. Novidades por aí.

- Pra terminar, explique - ou não - dois "slogans" do teu Facebook: "Escute" e "Absosofuckinlutely"....
- Escutar o outro, entender o que ele está dizendo nas entrelinhas é um desafio. A gente fala demais também, temos que aprender a ouvir. Já o "Absofuckinlutely" é pra reforçar que a gente tem que manter o entusiasmo.